Ícone da Semana – D. João VI

Como de costume hoje é quarta-feira e temos mais um Ícone da História, hoje vamos postar sobre a vida de um “Rei Português fujão”, que veio para o Brasil trazendo a corte Portuguesa consigo e trazendo um marco para a história do Brasil e foi obrigado a voltar depois com a Revolução do Porto, mas isso é tema para outro dia .

 

 

Dom João VI  foi rei de Portugal. Nasceu em 13 de maio de 1767, em Lisboa. Faleceu em 13 de março de 1826, na mesma cidade. Filho de Dom Pedro III e de Dona Maria Isabel. Seu nome completo era João Maria José Francisco Xavier de Paula Luís Antonio Domingos Rafael, cresceu em Lisboa, no Palácio Real da Ajuda.

Em 8 de maio de 1785, casou-se em Madrid por procuração, e pessoalmente, em 9 de junho, com a infanta Carlota Joaquina de Bourbon, filha de Carlos IV de Espanha e Maria Luísa de Parma.

Na época do casamento,Carlota Joaquina  tinha apenas 10 anos, o casamento só foi consumado em 1790. O casal teve três filhos e seis filhas.

D. João VI, devido a doença mental de sua mãe, assumiu o poder. Governou como Príncipe Regente a partir de 1799, sob reconhecimento do estado de saúde de sua mãe por uma junta médica. Era herdeiro do trono pelo falecimento de seu irmão primogênito, Dom José.

Em seu reinado enfrentou o Bloqueio Continental, a campanha de Rossilhão, guerra com a Espanha, invasões das tropas de Napoleão e a transferência da corte portuguesa ao Brasil em 1808.  Em 16 de dezembro de 1815, foi Príncipe Regente do Reinado Unido de Portugal, Brasil e dos Alvagares.

Em 1808, no Rio de Janeiro, ordenou a desocupação das melhores casas a serem usadas pela Família Real, posteriormente marcadas com as letras “PR” , que significavam “Príncipe Regente” e no popular, “ponha-se na rua”.

Em 1816, com o falecimento de D. Maria, subiu ao trono e tornou-se Dom João VI em 1818, rei de Portugal, do Brasil e Algarves. Em virtude da revolução liberal de 1820 , na cidade do Porto, a Família Real retornou para Portugal. Em 1821, Dom João VI retornou a Portugal, deixando D.Pedro I como príncipe regente no Brasil. Depois de superar conflitos constitucionais e políticos, governou Portugal até falecer aos 58 anos de idade.

 

fonte: historiabrasileira.com

 

por: DetetivesDaHistoria

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s